skip to Main Content

O que você precisa saber ao criar ou modernizar o seu logotipo?

Definir uma identidade visual é uma das maiores dificuldades que os empreendedores iniciantes têm.

A facilidade de acesso à informação tem feito com que as empresas apostem cada vez mais em recursos visuais e designs criativos, tornando assinaturas visuais confusas ou mal definidas um problema. Por isso, é importante dedicar tempo em criar logotipo e modernizar visualmente a marca.

A identidade gráfica, além de tornar o seu negócio mais profissional e reconhecível, sintetiza parte da filosofia e da cultura empresarial em uma imagem. Trata-se de inserir em uma figura o sentimento que você quer despertar no seu público.

E você? Quer matar suas dúvidas sobre a criação e a modernização de logotipos? Então continue com a gente!

Como criar um logotipo?

O logotipo é a concepção gráfica da empresa. Nele, estarão embutidos o significado e a mensagem que a marca vai transmitir, influenciando na escolha final dos clientes sobre a compra do produto.

Uma abordagem genérica costuma ser associada a uma proposta igualmente genérica. O ideal é optar pela originalidade, inserindo o diferencial dos produtos no conceito da assinatura visual. Pesquise muito sobre público, concorrência e segmento do mercado, associando-se a tendências menos transitórias ou consolidadas há um bom tempo.

Lembre-se de que a identidade gráfica precisa ser congruente, ou seja, o conceito deve estar de acordo com site, cartão de visitas, banners promocionais, flyers da empresa, folders etc. Além disso, o logotipo deve ser adaptável a diferentes mídias e texturas. Por isso, estude as cores que despertam gatilhos mentais específicos.

Como modernizar um logotipo?

A evolução no comportamento do consumidor faz com que as formas de design também mudem, tornando logotipos ultrapassados uma grande dor de cabeça para os empreendedores.

A modernização é a ideia de mudar visualmente a marca sem abrir mão dos traços básicos, já que são os que as pessoas mais lembram. O ideal é reduzir recursos gráficos destoantes e exagerados, como degradês, reflexos e transparências. Não se esqueça de que a mudança é voltada ao aumento de resultados e à possibilidade de trazer novos clientes.

Esse tipo de renovação costuma sinalizar uma evolução na empresa como um todo, inserindo uma linguagem que acompanha o desenvolvimento do seu público e do seu mercado.

Como saber se um logotipo é bom?

Um dos efeitos da popularização do design é o crescimento do número de profissionais oferecendo esse serviço, aumentando a produção de peças gráficas pensadas apenas na estética, com pouco trabalho criativo e contextualização.

Um bom logotipo reflete os valores da marca e é de fácil associação, com tipografia legível e responsiva, isto é, adaptável a diversas telas e tamanhos diferentes. Procure fazer com que a assinatura visual conte uma história por meio da elaboração de um projeto de identidade para cada uma das peças gráficas.

Além disso, tome cuidado para não passar a ideia errada sobre o que sua empresa faz, já que certas cores e símbolos remetem a segmentos e produtos específicos.

Como você pode ver, um processo de criar logotipo lida com muitas nuances, mas os resultados podem ser recompensadores. Uma boa assinatura visual é um registro da personalidade da marca, podendo ser usada como ferramenta de comunicação e marketing, além de gerar impacto na persona.

A criação de uma identidade gráfica é um trabalho sério. Desconfie de serviços de design muito baratos, ou com um prazo muito reduzido, e sempre opte por fugir de modismos, já que eles costumam ficar obsoletos rapidamente.

E aí, gostou do nosso texto? Quer saber mais sobre como otimizar os resultados da sua marca? Então assine nossa newsletter.

Back To Top