skip to Main Content

Sua empresa precisa de um aplicativo? Saiba identificar essa demanda

Um aplicativo pode fazer com que o cliente carregue o contato da empresa no bolso! Veja por onde começar para criar o seu aplicativo

A transformação digital e as mudanças no mercado criaram a necessidade de sofisticar a forma como o contato com o consumidor é feito. Nesse contexto, ressalta-se a importância de se manter atento à necessidade de criar aplicativo.

Esses softwares são acessados por meio de sistemas operacionais como Android e IOS no smartphone — ou seja, seu cliente pode ter o acesso a sua empresa no bolso. O download é feito por lojas virtuais, abrindo espaço para uma variedade de recursos e liberdade de design mobile.

Mas será que seu negócio precisa de um aplicativo? Continue até o final do texto e descubra!

Quais são as vantagens de ter um aplicativo?

Investir em aplicativos é investir em uma experiência do usuário melhorada, além de direcionar suas apostas para uma forma de mídia com crescimento constante e consumo em alta.

Assim, sua marca se torna presente em um meio com número amplo de recursos, podendo explorar livremente o potencial do hardware dos smartphones. Desse modo, abre-se uma margem para um maior engajamento, visibilidade e alcance de clientes.

Um aplicativo que faz uso de login, por exemplo, permite que sua estratégia de marketing seja mais mensurável, fornecendo um feedback valioso de como seu consumidor se comporta. Outro fator útil é a notificação, um recurso que pode fazer seu cliente lembrar da empresa regularmente.

Como saber se minha empresa precisa de um aplicativo?

O aplicativo, entre outras coisas, é uma forma de agilizar o contato do cliente com a empresa. Por isso, faça uma pesquisa sobre seu público: verifique se ele faz uso recorrente de smartphones.

Além disso, é importante planejar financeiramente a criação do software, como vão ser dimensionados os investimentos e o retorno financeiro. Veja, por exemplo, se não há alternativas de custo menor e que propiciem mais retorno.

Outro fator importante é ver se a empresa tem a necessidade de um contato constante, considerando que as pessoas acessam o celular com frequência e veem o ícone da empresa no menu inicial.

Caso o seu mercado exija um senso de comunidade, um aplicativo que integre redes sociais pode fazer com que as pessoas compartilhem conteúdos da empresa. Assim, o software serviria como um canal de comunicação eficiente e um meio de agendamento para prestadoras de serviço e exposição de produtos para varejo.

Por isso, se a sua empresa precisa intensificar e sofisticar o contato com os clientes ou ter um destaque com relação às outras do mesmo segmento, o aplicativo pode ser a resposta certa!

Como criar um aplicativo?

A primeira coisa a ser feita na hora de desenvolver um aplicativo é elaborar um bom planejamento, com detalhes sobre orçamento e etapas do processo. Comece identificando quais vão ser os recursos demandados em nível de hardware.

Em seguida, determine qual vai ser a linguagem de programação e os softwares auxiliares, como editores de código, compiladores etc. É importante estudar em quais sistemas operacionais o programa vai rodar, assim como de que maneira o design e a interface vão ser estruturados, sempre respeitando a identidade visual da empresa.

Por fim, comece por versões experimentais para testar as funcionalidades e ver como os bugs vão ser relatados. Outro fator importante é a acessibilidade, ou seja, planejar para pessoas com problemas oftalmológicos e deficiências.

Criar aplicativo pode ser uma maneira excelente de melhorar a divulgação da sua marca e ainda usar a tecnologia para fidelizar o seu público. Por isso, procure considerar uma estratégia a longo prazo na hora de fazer a escolha.

Não se esqueça de garantir um bom atendimento, já que a reputação da marca influencia na popularidade do software e vice-versa.

E aí? Quer saber mais dicas sobre como melhorar a performance da sua empresa no mercado? Então siga a gente nas redes sociais!

Back To Top